5 Alimentos para ganhar massa muscular

A maioria das pessoas que treina pesado na academia para manter um corpo musculoso e definido acha que comer proteínas e diminuir os carboidratos é a principal atividade nutricional que devem fazer. É ai que você se engana.

As proteínas são importantes sim, assim como carboidratos e sais minerais, vitaminas e gorduras boas. A recomendação é comer frequentemente, comidas saudáveis e manter-se em estado anabólico, este estado ajuda a construir músculos e o estado catabólico utiliza as proteínas para energia, destruindo a musculatura. Quanto maior a quantidade de músculo, maior a queima de gordura, isso acontece porque o músculo armazena a gordura que será queimada e transformada em energia. O corpo precisa de energia, e os músculos também.

Confira alguns alimentos vegetarianos que fogem do tradicional frango, ovos e batata doce, que fortalecem o organismo e auxiliam a criar massa magra:

Sementes de mamão

As sementes de papaia contêm grandes quantidades de proteína, além do vitamina C, magnésio, fósforo e cálcio. O cálcio contribui para a contração muscular, o magnésio é importante para a produção de energia, enzimas e reações bioquímicas.

Ela pode ser consumida fresca ou seca e moída, possui sabor picante e por isso não deve ser consumida em shakes e bebidas doces.massa muscular e academia

Abacate

Esta fruta pode oferecer 2 gramas de proteínas em 100 gramas da fruta, e sabemos que as proteínas são fundamentais para o ganho de massa magra, o abacate pode ser auxiliar para reduzir a proteína animal.

Alguns estudos comprovam que o abacate mantém o metabolismo mais acelerado, ajuda a reduz o pico de insulina, assim podendo fornecer uma energia extra, a partir de fontes lipídicas muito saudáveis. Por obter ômega 9 na composição é auxiliar no emagrecimento ativando a queima da gordura localizada, principalmente na região abdominal.

O consumo regular de gorduras monoinsaturada também estimula a síntese de testosterona e de hormônios do crescimento, fatores que colaboram para a geração de musculatura. Pode ser consumido como shakes, cremes doces ou salgados, guacamole, em sanduíches e saladas.

Linhaça e aveia

A linhaça e óleo de linhaça são considerados fonte primária de energia. Também supri a necessidade de lipídios por ser considera uma “gordura boa”, tem alta concentração de fibras que atuam na liberação da glicose no sangue, reduzem o acúmulo de gordura no corpo e ainda é uma boa fonte de magnésio.

A aveia dispõe de uma grande quantidade de proteínas, vitaminas, lipídios (gorduras insaturadas) e minerais. Ela aumenta a saciedade e possui baixo índice glicêmico, fornecendo energia por mais tempo e reforçando os estoques de glicogênio muscular, diminuindo a fome e queimando mais calorias.

A linhaça e a aveia formam uma boa combinação, podendo ser consumidas em shakes, sucos, mingaus, cremes, pães, bolos e barras de cereais.

Amendoim

O amendoim, ou a pasta de amendoim, é boa maneira de aumentar o consumo de calorias, ou seja, gorduras, proteínas e carboidratos. O amendoim é um alimento extremamente rico em gorduras e proteínas e com baixa carga de carboidratos, assim como a maioria das oleaginosas, como as nozes, castanhas, amêndoas.

Uma porção de 100 gramas de amendoim fornece 49 gramas de gorduras, 26 gramas de proteínas e apenas 16 gramas de carboidratos. E apesar de conter gorduras ele não contém colesterol.

Ainda é rico em vitaminas e minerais, incluindo vitamina E, complexo B, fósforo, magnésio, zinco, ferro e potássio e fibras.

Ele é considerado uma refeição completa, aumenta a saciedade e é delicioso. Pode dar a energia e a disposição necessária para as atividades físicas, melhorando o desempenho e os resultados. Além de ótimo para o aumento de massa magra, ele também proteger o sistema nervoso, o calculo biliar, previne diabetes e é um ótimo antioxidante.

Também pode ser consumida juntamente com a linhaça e aveia, com cremes, molho pesto, pastas ou in natura.

Grãos

Outra fonte de proteína que não pode ser deixada de lado são os grãos. A lentilha, o feijão preto, grão de bico e a quinoa são ricos em proteínas e promovem maior nível de energias. Alguns grãos podem ajudar a aumentar os níveis de hormônio de crescimento, que são fundamentais para estimular o crescimento muscular magra e nos ganhos de força.

Além de consumir os grãos no almoço, você pode optar por fazer pastas, homus tahine, hamburguers, bolinhos assados.

Opte por alimentos orgânicos e integrais. Não confie em dietas programadas da internet, pois cada organismo trabalha de forma diferente. Mantenha um cardápio variado e saudável e não peque pelos excessos.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *