Conheça 4 benefícios do algodoeiro

O algodão, normalmente usado pela indústria têxtil, é considerado a fibra mais saudável e higiênica encontrada no mercado. Ela tem propriedade absorvente e cicatrizante e ainda não provocam reações alérgicas, como muitas vezes acontece com os tecidos sintéticos.

A arvore de algodão, o algodoeiro, é muito utilizada na medicina popular, mas ainda não apresenta estudos comprovados sobre seus benefícios. Ela é usada principalmente por grávidas para o parto e após cirurgias.

Conheça os benefícios dos chás e tinturas de algodoeiro:

Fluxo menstrual excessivo

Além de contribuir para parturientes, essa árvore também é indicada para mulheres que sofrem com o fluxo sanguíneo excessivo durante o período menstrual. Ela combate inflamações no útero e nos ovários.

Presente na sua composição, a ocitócica, é uma estimulante de contrações uterinas e que pode diminuir o fluxo menstrual excessivo, uma vez que as contrações estancam hemorragias.

Ela também é muito utilizada para regular e diminuir a circulação sanguínea.

Como preparar: Utilize 2 colheres pequena de sementes de algodoeira para 1 xícara de água. Ferva a água e acrescente as sementes, deixe em infusão, com o recipiente tapado durante 10 minutos. Filtre e beba em torno de 3 a 4 xícaras por dia, durante o período menstrual.

Pós-parto

algodoeiro

Essa planta é ótima cicatrizante e combate hemorragias, tem propriedades emolientes que acalmam a pele e mucosas inflamadas e também é anti-inflamatória. Ela é usada para provocar o parto, para estancar o sangue após o nascimento do bebê, controlar hemorragias uterinas e na cicatrização pós-operatória.

As raízes normalmente são aproveitadas em caso de inflamação do útero, ovários e retenção da placenta. Em alguns países o extrato da raiz ou da casca da raiz é tomado como abortivo em outros para evitar o aborto.

Dizem que as folhas e sementes possuem propriedade galactogoga, o que estimula a produção do leite materno por aumentar a secreção glandular mamária.

O chá das folhas de algodão pode ser ingerido ou com compressas.

Como preparar o Chá: pode ser feito com as flores e as folhas, utilizando cerca de 10 gramas por litro de água. Ferva a água e acrescente as partes secas, apague o fogo e deixe descansar aproximadamente 15 minutos. Filtre e beba de 3 a 4 xícaras de chá por dia, durante uma semana a cada mês.

Como preparar a Compressa: Faça o chá como indicado acima, espere esfriar. Todo o dia após se banhar aplique um pouco de chá na área mais afetada, esse processo deve ser feito com atenção e paciência e para qualquer tipo de cirurgia, evitando que os pontos inflamem.

Saúde do homem

As sementes do algodoeiro contêm 20% de óleo rico em ácidos gordos polinsaturados, altamente recomendáveis para quem sofre com o excesso de colesterol no sangue, elas também podem atuar como um contraceptivo masculino e regular a produção de espermatozoides.

O componente mais presente no algodoeiro, uma substancia chamada gossipol, possui uma ação de anti-fertilidade em homens, reduzindo a produção e quantidade de espermatozoides.

Outro composto, o b-sitosterol apresenta atividade estrogênica fraca, ou seja, reduz os níveis de colesterol e contribui para reduz o tamanho da próstata quando aumentada por hiperplasia.

Outras indicações

As infusão da folha de algodoeiro também é utilizada nos casos de catarro brônquico, sinusite e catarro para amolecer as secreções e desinflamar as vias respiratórias. Também são úteis no caso de diarreia, cólicas, pelo seu efeito emoliente e anti-inflamatório sobre a mucosa intestinal. O efeito anti-inflamatório também serve para infecções renais, ferida e furúnculos.

O chá da raiz prepara-se com 2 pedaços médios para meio litro de água. Ferva a água e acrescente as raízes, aguarde mais 30 minutos e apague o fogo. Filtre e beba 3 xícaras por dia.

O chá com as folha de algodoeiro prepara-se com infusão de 2 colheres de sopa para 1 litro de água. Coloque as folhas na água e deixe ferver cerca de 10 minutos com o recipiente destapado, filtre e beba o chá, de preferência morno, três vezes ao dia, durante uma semana.

Contra indicações

Como o uso de algodoeiro não é comprovado cientificamente é importante consultar parteiras ou especialistas na área. Este chá pode não ser indicado para mulheres que pretendem engravidar por conter carapsina, principio ativo que impede a implantação do ovulo no endométrio. Há indicações que ele possa interferir na perda de potássio e diminui a quantidade de hormônio tiroidiano no sangue.

O uso prolongado pode causar esterilidade masculina.

Para ter uma boa saúde, preze pelo equilíbrio, evitando excessos. Opte por produtos orgânicos e de produção local.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *