Garcínia Camboja: Produto natural para Perda de Peso

Consumida a séculos por nativos do do sul da África e Polinesia, a Garcínia Cambogia, árvore originária das florestas da Indonésia, teve suas propriedades medicinais descobertas na década de 90, desde quando passou a ser utilizada em dietas de emagrecimento, por conta de uma substância chamada AHC (Ácido Hidroxicítrico) que age diretamente no metabolismo, inibindo a absorção de gorduras pelo organismo ao mesmo tempo em que causa uma sensação de saciedade, diminuindo significativamente a quantidade de alimentos ingeridos.

O ácido bloqueia a ação de uma enzima denominada citrato liase, cuja função é absorver moléculas de açúcares e gorduras ingeridas através da alimentação e transformá-las em carboidratos. Desta forma, as substâncias adquiridas não penetram nas células, sendo eliminadas através da urina e fezes.

O fruto da árvore, conhecido como Tamarindo Malabar. tem a aparência de uma pequena abóbora moranga, sendo porém, do tamanho de uma laranja e de cor verde.

Benefícios da Garcínia Cambogia

Possui várias propriedades terapêuticas, utilizadas pelos nativos, para aliviar dores reumáticas, principalmente aquelas causadas por artrites, tratamento de úlceras e problemas digestivos. Fora do continente africano, no entanto, a planta ficou conhecida por suas características emagrecedoras.

A casca da fruta é processada e aplicada na composição de suplementos alimentares utilizados em dietas para perda de peso.

Garcínia Cambogia

De fato, o suplemento inibe o apetite, por que aumenta a liberação de serotonina, hormônio responsável pela sensação de bem estar e saciedade. Uma vez reduzida a quantidade de alimento ingerido, o organismo precisa recorrer à reservas de gorduras já existentes, que serão transformadas em energia e gastas pelo corpo nos processos de rotina, ocasionando a perda de gorduras e consequentemente a redução do peso e das medidas.

Pesquisas realizadas, não ratificam a eficiência do extrato de Garnícia nos processos de emagrecimento.

Em animais, os estudos confirmam as propriedades da planta, mas em seres humanos, os resultados são totalmente inconclusivos, o que faz com que a comunidade científica alimente a posição de que, por si só, a planta não apresenta benefícios nas dietas.

Associado a outros fatores e elementos, no entanto, o suplemento pode ser eficaz, o que significa dizer que a perda de peso será resultado de uma dieta equilibrada, integrada a atividades físicas e outros hábitos saudáveis.

Contraindicações e efeitos colaterais

Em algumas pessoas que fizeram uso de produtos à base de garcínia cambogia (extrato ou cápsula), foram relatados os seguintes efeitos colaterais:

Árvore Garcínia

Árvore Garcínia Fonte:ijui.com

  • dor de cabeça
  • erupções na pele
  • irritação no estômago

Em animais, a presença do Ácido Hidroxicítrico, provocou intoxicação e atrofia testicular. Em seres humanos, tais efeitos nunca foram oficialmente relatados.

São desconhecidos os efeitos da Garcínia Cambogia em gestantes, lactantes e crianças. Sendo assim, o uso deve ser evitado.

Os produtos (tanto o extrato quanto as cápsulas) são contraindicados para pessoas com diabetes e usuários de substâncias antidepressivas. Nestes casos, podem ocorrer a diminuição brusca dos níveis de sangue no sangue, ocasionando a hipoglicemia e aceleração dos batimentos cardíacos.

Produtos naturais podem ser tão perigosos quanto os demais, principalmente no casos dos suplementos alimentares. Consulte sempre um médico, antes de iniciar qualquer dieta ou tratamento. No caso das dietas para emagrecimento, também se faz necessária a orientação de um nutricionista.

Dietas milagrosas, além de frustrantes, podem ser muito perigosas sem o acompanhamento de um profissional.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *