5 Receitas para Prisão de Ventre

A prisão de ventre é uma das doenças mais comuns na sociedade, provinda de uma má alimentação e muitas pessoas não eliminam a quantidade de alimentos que ingerem por dia. Essa falta de evacuação causa fermentações intestinas e putrefação das fezes. Além disso, a defecação é um tema tabu e poucos se abrem sobre ela.

Entre as consequências mais comuns estão dores de cabeça, inflamações, má funcionamento da circulação sanguínea e do sistema nervoso. A causa desses sintomas se da devido à toxinas que não têm vazão.

O tratamento pode ser feito com jejuns ou evitando consumir alimentos de origem animal, produtos refinados e gorduras.  Segue tratamentos para te auxiliar na eliminação dessas toxinas:

Chá de Alho

O alho age como estimulante, tem muitas propriedades e um composto muito importante para a prisão de ventre. A alicina vai para o intestino grosso com fibras vegetais e estimula o movimento peristáltico, promovendo a eliminação das fezes. As fibras são substâncias que ajudam a acelera o processo de eliminação de resíduos tóxicos e mantém o PH ideal no intestino, além de colaborar com os movimentos intestinais.

Como fazer o chá: 2 dentes de alho para 1 xícara de água. Ferva durante 30 minutos. Acrescente algumas gotas de limão, beba a noite antes de deitar, durante 3 dias.

Chá de Tansagem, Camomila e Dente de Leão.

Essas três plantas são fáceis de encontrar, inclusive no seu pátio. A tansagem é uma erva, originária da Índia, muito rica em fibras e é perfeita para nos ajudar a defecar corretamente. Tem a capacidade de absorver água, aumentar o volume das fezes e estimular o trânsito intestinal.

Já a camomila é um calmante auxiliando no sistema nervoso que nos impede de relaxar, é carminativa, eliminando gases do estômago e intestino e é desinfetante, ajudando na digestão de gorduras, que são vilãs na alimentação de pessoas que sofrem dessa mal. O dente-de-leão tem propriedades laxativas, carminativas e desobstruente intestinal.

Como preparar: 1 colher de sementes de tansagem, 1 colher de folhas de camomila e 1 colher de folhas secas de dente de leão para 1 litro de água. Ferva e deixa as plantas de infusão por 10 minutos com o recipiente tapado. Beba sempre quente, 3 xícaras ao dia, uma hora antes das refeições.

prisao de vente

Babosa em infusão

A babosa além de laxativa contém quase todas as vitaminas e os sais minerais que uma boa nutrição necessita. Ela umidifica o intestino e as fezes.

Como preparar: Corte um talo de babosa, coloque um pouco de água para ferver. Espere esfriar e coloque em um frasco de vidro com tampa com os pedaços de babosa e feche. Coloque na geladeira. Você pode consumir duas vezes na semana antes de deitar ou ao despertar.

Se encontrar muito amarga, dissolva uma colherada de mel, que também é um suave laxante.

Compressa de argila

A argila é uma potente cura, absorve toxinas e impurezas e cede minerais ao corpo para que os tecidos danificados possam se regenerar e se recuperar.

Dilua a argila em chás como, espinheira santa pata de vaca. Você também pode usar: carqueja, bardana, chicória, cinamomo, dorme-dorme, gervão, mamona, manacá, ruibarbo.

Como preparar: Prepara o chá de espinheira santa com 2 folhas frescas para 1 xícara de água. Ferva a água e coloque as folhas, aguarde 5 minutos, apague o fogo e deixe descansar. Coe e dilua a argila no chá para formar uma pasta. Aplique na região do ventre e deixa toda a noite.

Outra opção legal para a argila é comprar pastas de dente composta com esse ingrediente.

Saladas tônicas

Aposte na cebola crua, ela é desobstruente e ativa, secreção de sucos gástricos e favorece a saúde da flora intestinal. Age também com um componente chamado quinina, que estimula o metabolismo do fígado, da vesícula, do estômago e do pâncreas.

Todas as verduras de folhas como couve, espinafre, alface, chicória, almeirão, ajudam muito o intestino a expulsar frequentemente as fezes fazendo o movimento chamado peristáltico. Assim evitam a prisão de ventre, que é a fábrica de incontáveis doenças.

Utilize para condimentar, hortelã, gergelim, chia, linhaça e semente de jambolão, limão e azeite de oliva.

Além desses métodos beba muita água, purifique o sangue, não deixa falta vitamina B1, se possível inclua caminhadas na sua rotina.

E, preste atenção, mesmo aquelas pessoas que evacuam diariamente, podem estar eliminando apenas o excesso, ou aquilo que já não cabe nos intestinos, mas não tem um bom funcionamento dos intestinos.

Cuidado com a alimentação em excesso e alimentos pesados e processados, preste atenção aos sinais do seu corpo e confira as contra indicações das plantas citadas.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *