Como baixar a Glicemia: Chás para controlar Diabetes

Os chás fazem parte da história humana, desde a pré-história. Bebidas desenvolvidas a base das mais variadas ervas e raízes, em todo o mundo, estão presentes em praticamente todas as culturas.

Durante muito tempo, a medicina ocidental tradicional, desprezou as receitas naturais e caseiras, fruto da sabedoria popular, por conta da ausência de comprovações científicas a respeito de suas reais propriedades. Aos poucos, foram surgindo estudos, que em boa parte dos casos, ratificam a eficiência de receitas milenares, como auxiliares nos tratamentos de várias doenças ou de seus sintomas.

Muitos destes chás são indicados como tratamento complementar no controle da glicemia, para portadores de diabetes. Para entender as propriedades dos chás, no entanto, precisamos entender alguns conceitos.

O que é diabetes?

A Diabetes Mellitus, é uma doença causada por um problema na secreção ou na ação de um hormônio chamado de insulina, produzido no pâncreas, uma glândula localizada atrás do estômago. A função da insulina é a de promover a entrada de glicose nas células do organismo. A Glicose, por sua vez, é um carboidrato, substância que no organismo, se transforma em energia.

O problema surge quanto o pâncreas, por algum motivo deixa de produzir insulina em quantidade suficiente para a absorção das moléculas de glicose pelas células. Neste caso, a glicose se acumula no sangue e pode ocasionar a Diabetes. A quantidade de glicose presente no sangue, ou seja, não absorvida, é chamada de glicemia.

Doces e glicemia

Açúcar em excesso aumenta a glicemia, podendo causar diabetes

Um dos motivos para o mau funcionamento do órgão responsável pela produção de insulina, é a sobrecarga de açúcares, doces e óleos consumidos diariamente, sem que exista a necessidade de gasto destas substâncias pelo organismo. Trata-se de uma balança desequilibrada. A energia produzida, precisa ser utilizada para não sobrecarregar o funcionamento orgânico.

Quando isso não acontece, os índices glicêmicos aumentam, causando um efeito conhecido como hiperglicemia, ou simplesmente, excesso de glicose no sangue. Quando o oposto acontece, ou seja, quando a quantidade de glicose no sangue é inferior à quantidade necessária para a utilização da insulina produzida, ocorre a hipoglicemia, portanto, falta de glicose no sangue.

Quem sofre de hiperglicemia, apresenta alguns sintomas comuns, entre eles: sede frequente, fraqueza, tontura, visão turva, boca seca, excesso de urina, faces avermelhadas, respiração acelerada e por vezes, dores abdominais. No caso de hipoglicemia, os sintomas podem ser praticamente os mesmos, o que impede o diagnóstico sem os exames adequados.

As causas para o desequilíbrio hormonal podem ser hereditárias ou adquiridas, mas hábitos saudáveis e adequados, podem prevenir ou ajudar no controle da doença.

Como controlar a Diabetes

Para quem já sofre com o problema, vale seguir algumas orientações para manter a glicemia em níveis adequados:

Seguir sempre os mesmos horários, mantendo uma rotina diária de exercícios físicos, com a devida orientação e acompanhamento, alimentação na hora certa, além de uma dieta balanceada, ajudam no controle da glicemia. Também é muito importante tomar os remédios sempre na mesma hora, seguindo estritamente a orientação médica.

Verificar e registrar os níveis de açúcar no sangue de forma sistemática e contínua.

Alguns chás e produtos caseiros possuem propriedades terapêuticas capazes de diminuir os níveis de açúcar no sangue.

Chá Verde e Chá Preto

chá preto e chá verde

Indicados para prevenir a diabetes, por conta de suas propriedades terapêuticas que potencializam a absorção de moléculas de glicose pelo sangue, baixando os índices de glicemia.

Como preparar: O preparo é bem simples, realizado apenas com água mineral ou filtrada e a erva escolhida. Nos dois casos, basta adicionar uma colher de sopa da erva à uma xícara de chá de água fervente. Tampe o recipiente por aproximadamente 5 minutos e consuma a seguir. Vale lembrar que os chás, via de regra, devem ser feitos por infusão, evitando o desperdício de propriedades.

Chá de mirtilo e sálvia

O mirtilo possui uma substância denominada glicoquinina, que também reduz a quantidade de açúcar no sangue, além de propriedades curativas nos casos de neuropatia diabética que pode ocasionar a perda de visão, nos casos de diabetes tipo 2. A sálvia, por sua vez, potencializa as funções hepáticas, diminuindo a fadiga e dores de cabeça.

O chá composto de mirtilo e sálvia pode, portanto, auxiliar no controle da glicemia e no alívio dos sintomas de diabetes. O chá deve ser obtido por infusão, utilizando-se uma colher de sopa da mistura das ervas (meia colher de sálvia e meia colher de mirtilo) para uma xícara de chá de água fervente (mineral ou filtrada).

O controle da diabetes é uma tarefa diária e contínua. Exige conscientização e disciplina. A prevenção ainda é o melhor caminho. Para tanto, basta cultivar hábitos saudáveis e uma alimentação equilibrada.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *