3 Remédios naturais para Enjoo + Receita do chá

Alguns sintomas são comuns a várias doenças: Enjôos ou náuseas, por exemplo, podem ser indícios de problemas estomacais ou intestinais, como má digestão e dor abdominal. Também podem indicar gravidez, enxaquecas, ansiedade ou efeitos colaterais de medicações, entre as quais, o uso de anticoncepcionais.

Seja qual for o motivo, um médico deverá ser consultado e as causas devidamente investigadas. Algumas ervas, no entanto, possuem propriedades eficazes no tratamento auxiliar de enjoos, podendo ser utilizadas para aliviar estes sintomas.

Chá de Hortelã e Erva Doce (Funcho)

O chá de hortelã, por exemplo, possui propriedades relaxantes, ansiolíticas e analgésicas e seu sabor refrescante ajuda no controle de náuseas. A folha também pode ser mascada, crua, nos casos de indigestão, principalmente de alimentos gordurosos ou ressacas.

Outra erva muito eficaz nestes casos é a erva doce, também conhecida como funcho. A planta possui substâncias que auxiliam na digestão, acelerando o metabolismo e aliviando a prisão de ventre, cólicas abdominais e aquela sensação de estufamento, muito comum, principalmente em bebês recém-nascidos.

A combinação destas duas plantas é bastante indicada pela medicina popular no combate ao enjoo, seja qual for a sua causa.

Como fazer o chá de hortelã e funcho (erva doce)

  • Duas colheres de sopa de folhas frescas de hortelã (podem ser substituídas por um sachê de hortelã seca, facilmente encontrado em farmácias e supermercados)
  • Uma colher de sopa de sementes de erva doce (estas também podem ser substituídas por sachês industrializados)
  • Meio litro de água

Modo de Preparo: Leve a água ao fogo até levantar fervura. Desligue, acrescente as folhas de hortelã e as sementes de erva doce e tampe o recipiente. Deixe amornar e coe.

O consumo deve ser realizado, de preferência sem a adição de açúcar.

Contraindicações: Crianças até os seis meses de idade, devem receber somente o leite materno. Após o sexto mês, qualquer tipo de alimento, inclusive chás, somente poderão ser ministrados sob orientação de um médico pediatra.

Este chá também é contraindicado para pessoas que sofrem de úlcera ou gastrite.

Chá de Gengibre

Chá de Gengibre

Outra planta muito indicada no tratamento de náuseas ou enjoos, é o gengibre. A raiz possui propriedades terapêuticas que auxiliam na produção de suco gástrico e de saliva, potencializando o processo digestivo e ativando o metabolismo.

Para quem pretende viajar e sobre com problemas de enjoo, existem cápsulas de gengibre que podem ser encontradas em farmácias homeopáticas e devem ser ingeridas cerca de 4 minutos antes do início da viagem.

Nos casos de gravidez e enxaqueca, o chá de gengibre pode ser consumido diariamente, sem açúcar, no decorrer do dia, mas com moderação e conhecimento do médico.

Anote a receita:

  • 01 colher de sopa de gengibre fresco ralado
  • 01 xícara de chá de água mineral ou filtrada

Modo de fazer: Leve a água ao fogo e desligue antes de levantar fervura. Adicione o gengibre ralado e tampe o recipiente. Deixe descansar por aproximadamente 10 minutos. Em seguida basta coar e consumir em pequenas doses durante todo o dia.

Deve-se evitar a adição de açúcar.

Chá de Poejo e Marcela

Outras ervas bastante utilizadas no controle de náuseas são o poejo e a marcela. Os chás podem ser preparados utilizando-se as folhas e flores, sempre por infusão, ou seja, sem deixar que as ervas fervam juntamente com a água.

Isto por que, o processo de fervura faz com que as plantas percam parte de suas propriedades medicinais. Por isso recomendamos sempre que a água seja levada ao fogo separadamente e após desligar o fogo é que as ervas devem ser acrescentadas.

O recipiente deve ser tampado a seguir e o chá deve descansar por aproximadamente 10 minutos antes de ser coado e consumido.

As quantidades sugeridas para as ervas podem ser aumentadas ou diminuídas, mas no caso de chás para alivio de enjoos, recomenda-se que o chá seja forte, ou seja, com uma quantidade abundante da erva escolhida para potencializar os resultados.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *