4 Chás Diuréticos: Cavalinha, Hibisco, Cabelo de Milho e Carqueja

A propriedade diurética é responsável por eliminar toxinas acumuladas no organismo, ela atua principalmente nos rins, aumentando o volume e o fluxo urinário, assim promovendo a eliminação de sódio, potássio e ácido úrico.

Os chás com esta propriedade costumam ser usados em tratamentos da hipertensão arterial, insuficiência renal, insuficiência cardíaca, cirrose hepática, infecções urinárias, emagrecimento, glaucoma e retenção de líquidos.

Existem muitos alimentos e plantas que possuem essa propriedade, como o abacateiro, a cúrcuma, manjericão, entre muitas outras. As mais indicadas sempre são essas:

Chá de Cavalinha

A cavalinha é uma das ervas mais utilizadas para infecções urinárias e emagrecimento. Ela também é cicatrizante, ajuda a combater o suor excessivo, é digestivo e anti-inflamatório.

Também pode atuar contra a depressão e como depurador sanguíneo.

Outro grande benefício da cavalinha é que é muito fácil de cultivar, ela gosta bastante de umidade, normalmente cresce perto de águas paradas e adora tanto o sol como a sombra. Sua multiplicação é via divisão de plantas e cresce conforme for podada, só tenha cuidado com seu canteiro, ela pode virar uma erva daninha.

Ela também pode ser conhecida como rabo de cavalo ou milho de cobra, não tem quase nenhum efeito colateral, sendo bem aceita por todos. Seu poder de cura é de 48%.

Como preparar: Utilize 5 gramas ou um punhado de cavalinha seca para 1 xícara de água. Ferva a água e coloque a erva em infusão, tampe o recipiente e deixe repousar durante 15 minutos. Filtre e beba cerca de 3 a 4 xícaras por dia, durante uma semana.

Chá de Cabelo de milho

O cabelo de milho é encontrado dentro da palha da espiga do milho. Ela é uma das melhores plantas diuréticas e possui propriedades anti-inflamatórias.

Pode ser utilizada para infecção urinária, cistite, pedra nos rins, diabetes, hipertensão e há estudos sobre como auxilia na redução de colesterol e triglicerídeos.

Não há estudos que comprovem a toxicidade deste chá, portanto não apresenta risco potencial à saúde. Para homens com dificuldade em urinar, devido à inflamação da próstata, é recomendado evitar a ingestão do cabelo do milho, pois como tem efeito diurético, aumenta a frequência urinária e isso pode aumentar a sensação de dor.

Como preparar: Utilize de 1 a 2 colheres de sopa de cabelo de milho (pode ser utilizados secos ou frescos) para meio litro de água. Ferva a água e acrescente o cabelo de milho, desligue o fogo e deixe abafado por cerca de 5 a 10 minutos. Filtre e beba 2 xícaras por dia durante o período de inchaço ou retenção de líquidos.

Chá de Carqueja

A carqueja é utilizada em afecções hepáticas, desinfecção do fígado, redução do colesterol e muito mais.

Ela é previne e trata a anemia, é antibiótica, depurativa, laxativa e pode ser usada para o emagrecimento. O preparo é feito através de infusão, tintura ou vinho.

Tem alto poder curativo, mas deve ser evitada por pessoas que não querem emagrecer, que sofrem de urina solta e quem tem pressão baixa, já que ela é hipotensora.

Ela também é de fácil cultivo, pois se adapta bem a qualquer clima, precisa de sol moderado a forte e se da bem com uma grande variedade de solos. É considerada erva daninha e pode ser multiplicada por estacas.

Como preparar: Utilize 2 colheres de sopa de folhas picadas para meio litro de água. Quando a água atingir o ponto de fervura, desligue o fogo e acrescente a erva. Tampe o recipiente por alguns minutos, em torno de 10 e deixe amornar. Filtre e beba até 3 xícaras do chá por dia, cuidado com o excesso, pois pode causar indigestão.

Chá de Hibisco

O hibisco tem uma flor linda e pode ser usado para a fabricação de geleias naturais, sucos e em saladas.

Ela é muito recomendada em dietas de emagrecimento, ajuda a fortificar os cabelos, aumenta o colesterol bom e diminui o ruim, além de ser rico em cálcio e potássio.

Ela tem ação de eliminar a gordura localizada, controla a retenção de líquidos e é rico em vitaminas e sais minerais.

Como preparar: Utilize 5 gramas de folhas e flores de hibisco seca para 1 xícara de água. Ferva a água e deixe em infusão durante 10 minutos com o recipiente fechado. Filtre e beba 2 xícara do chá por dia, durante uma semana.

É importante ter em conta que os chás diuréticos podem eliminar elementos bons do nosso organismo, por isso deve se evitar toma-los em demasia.

Verifique as contra indicações das plantas que você utiliza e opte por produtos orgânicos.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *