Saiba como eliminar pragas da horta sem tóxicos

É importante optar por métodos naturais que de cuidados com a horta, que não degradem o meio ambiente e que não levem toxinas a nossa mesa.

Alguns métodos possuem ação rápida, matando os insetos, paralisando ou reduzindo sua alimentação após sua aplicação, outros se tratam de degradar ninhos, coletar manualmente ou em formas de armadilhas.

Quando você estiver semeando suas hortaliças, tenha em conta que uma parte delas deve ser para os insetos, afinal você estará invadindo o espaço deles.

Conheça alguns métodos que podem te auxiliar:

Plantas consorciadas

As plantas consorciadas com a horta sempre funcionam muito bem, a maioria é inseticida e a mescla com outras plantas confundem os insetos. Algumas delas servem como iscas e deverão estar na horta para cumprir com o papel de defesa, podendo ser devorada a vontade.

A calêndula é uma flor linda, tem usos medicinais e não se espalha muito, podendo ser facilmente introduzida nas pontas dos canteiros. Também pode ser usada em forma de chá pulverizado nas folhas.

O manjericão é uma aromática muito cheirosa, saborosa e medicinal. Pode ser podada com frequência e por isso se mantém no tamanho que você desejar, pode ser introduzido entre as hortaliças, no meio do canteiro. Ela afasta moscas, mosquitos e pulgões.

O tomilho é ótimo para pulgas, percevejos e as lagartas que adoram couves. O tomilho também é uma planta aromática, utilizada na culinária e tem propriedades medicinais.

A citronela é utilizada contra insetos em geral, inclusive como repelente de mosquitos. Ela tem um aroma muito agradável, mas cresce bastante, ocupando bastante espaço. Recomenda-se o uso por pulverização.

A arruda é uma protetora energética e contra pulgões e cochonilhas, ela tem um aroma intenso e pode ser planta ao redor da horta, afastando o aparecimento de insetos.

O alho e a cebola são considerados os melhores repelentes, eles combatem vaquinha, pulgões e lagartas, pode ser plantado no meio das outras hortaliças, ou pulverizar o chá. O chá pode ser feito com as cascas.

O coentro combate ácaros e pulgões e a hortelã repele formigas, assim como o café e o gergelim vermelho.

Inseticidas caseiros

Os inseticidas caseiros são feitos com folhas e cascas de outras hortaliças.

As folhas de tomate, por exemplo, são ricas em alcaloides e repelem pulgões, vermes e lagartas. Faça o chá em infusão com 2 folhas de tomate picadas. Deixe descansar por pelo menos uma noite e dilua a mistura em 500 ml de água. Pulverize nas folhas e tenha cuidado com animais domésticos, pois pode ser tóxico à eles.

As cascas de ovo podem servir como uma barreira para afastar caracóis e algumas lagartas. Podem ser trituradas ou apenas quebradas, ainda colaboram com a nutrição da planta.

O cal virgem e cinzas podem acabar com o tatu bola, que é um animal portador de uma doenças que come os talos das plantas por dentro.

A levedura de cerveja embebida em um pão pode servir de trampa para coletar lesmas. Devem ser colocado em potes que as lesmas não consigam sair. Tire as lesmas de forma manual e dê para galinhas ou jogue as para bem longe de sua horta, onde possam ser felizes comendo outros verdinhos.

O inseticida de alho é muito eficiente e prático. Bata um dente de alho no liquidificador com 2 litros de água. Pulverize nas plantas atacadas. Cuidado com algumas culturas que o crescimento pode ser inibido pelo alho, como o feijão. Inseticidas de tabaco ou pimenta podem substituir o alho.

Fortaleça sua terra e suas plantas

Para que as plantas sejam saudáveis e fortes, você deve caprichar na adubação da terra e fornecer os minerais necessários. Quando as plantas estão frágeis soltam uma substância que chama a atenção de fungos e insetos, para evitar que isso ocorra é necessário ficar atento aos sinais das folhas.

A urtiga é uma aliada importante para a horta, ela pode ser colocada como cobertura do solo, pode ser pulverizada ou adicionada no rego. Como ela contém silício, ela favorece o sistema imune das plantas o que ajuda a afastar seus predadores. Utilize 20 gramas de folhas para 4 litros de água da chuva. Deixe em maceração por 4 dias, filtre e está pronta para utilizar. Aplique 1 vez por semana.

Mantenha as folhas e gramas verdes aparadas em cima do canteiro, isso trará nitrogênio para a terra. As folhas secas também são importantes porque aportam carbono. A borra do café, o chimarrão velho, cinzas e restos de alimentos também são ótimos para a horta.

O ideal para os restos de alimentos são os minhocários ou composteiras, pois se colocados diretamente na horta podem fermentar e atrapalhar o crescimento das plantas.

Evite o uso de fertilizantes e adubos tóxicos, confira as hortaliças que podem ser mescladas e sempre cubra o solo com matéria orgânica, suas plantas agradecerão ficando lindas e saborosas.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *