Como eliminar vermes com receitas naturais

Há alguns anos atrás era recomendado tomar vermífugo a cada ano, hoje com tanta informação, cuidados com a higiene e com saneamento básico para a maioria da população esse costume está sendo deixado de lado. Existem dúvidas sobre o uso anual de medicamentos sem a realização de exames, mas basta um pequeno descuido para estes parasitas habitarem nosso corpo.

O ideal é que todas as pessoas da família façam o tratamento juntos, pois os vermes podem ser transmitidos por contato físico. Preste atenção nos sintomas, eles podem ser: dores abdominais constantes, inchaço ou excesso de gases, cansaço frequente sem razão aparente, coceira no ânus, diarreia intercalada com prisão de ventre, fezes escuras e com presença de pequenos pontos brancos e alterações do apetite.

Na dúvida faça exame de fezes, mas você também pode usar estas receitas como método preventivo:

Tomilho, Hortelã e Santa Maria

Faça o tratamento durante uma semana, alternando os chás. Durante 3 dias alternados, em jejum beba um chá de tomilho, hortelã e erva de Santa Maria.

O tomilho é indicado para lombrigas, oxiúros e outros vermes. A hortelã é normalmente usada em crianças, para vermes em geral.

A erva de Santa Maria, também conhecida como mentruz ou ambrósia é um dos componentes de quase todos os vermífugos, ela combate inclusive a tênia (solitária), e vermes como ascaris e oxyuris.

As 3 ervas tem propriedades anti-helmínticas que protegem o organismo e vermifugas causando a paralisia dos parasitas. E por isso necessitam do auxílio de um purgativo ou laxante para ajudar à expulsa-los do organismo.

vermes na barriga

Como preparar: 5 gramas de tomilho fresco ou 3 gramas de tomilho seco; 10 gramas de hortelã fresca ou 7 grama de hortelã seca; 10 gramas de erva de Santa Maria fresca ou 7 gramas de erva de Santa Maria seca e 1 litro de água

Em um recipiente macere as 3 ervas com um pilão e complete com 1 litro de água fervida, deixe repousar durante 10 minutos, com o recipiente tapado. Beba 1 colher do chá a cada 1 hora.

Recomenda-se beber no máximo um litro deste preparado por dia, pois a erva de Santa Maria é muito forte e pode apresentar efeitos colaterais se consumida em excesso. Após algumas horas, ou na noite, ingerir uma planta laxativa.

A babosa por ser um ótimo laxante, tônico do organismo e anti-helmíntico recomenda-se ingerir 1 xícara da mesma macerada. Corte os espinhos da folha de babosa e coloque dentro de 1 xícara com água, espere alguns minutos. O gosto não é nada agradável, então recomendo ter um pouco de mel para adoçar o paladar.

Arruda, Losna e Melão de São Caetano

Alterne com o chá indicado acima a arruda, o chá de losna e em época de primavera, com os frutos do melão de São Caetano. A arruda é vermicida, eliminado os vermes, também é anti-helmíntica impedindo a instalação de parasitas. Mas também é tóxica e deve ser consumida com cautela.

Como preparar: Ferva 5 gramas de arruda fresca em 1 xícara de azeite comestível, como o óleo de rícino ou azeite de oliva. Coe e tome de 2 a 3 colheres de chá por dia.

A losna, também conhecida como artemísia é excelente contra vermes do tipo lombriga, oxiúro, ascaris e amebas.

Como preparar: Ferva 1 litro de água para 10 gramas de losna fresca. Deixe em infusão durante 10 minutos com o recipiente tapado. Coe e beba 3 vezes ao dia.

O melão de São Caetano é uma planta milagrosa, seus frutos são anti-helmínticos e vermífugos, e sua folha é laxativa e purgativa, além de limpar o sangue. Essa planta também é recomendada para mulheres em períodos menstruais, já que os vermes podem inclusive causar corrimentos e cólicas menstruais.

Como preparar: Utilize 10 grama de folhas para 1 xícara de água. Ferva a água e deixe em infusão por 10 minutos, com o recipiente tapado. Coa e beba após o uso dos tratamentos vermífugos.

Você também pode contar com o limão e o alho para seu tratamento, uma vez que os dois curam mais 180 doenças. Podem ser usados em chás, sucos e com a comida.

Não se esqueça de verificar as contra indicações das plantas que você utiliza. Faça exames e saiba como anda sua saúde.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *