Ervas Diuréticas: Chás para TPM e Emagrecimento

Ervas e alimentos diuréticos são aqueles que possuem propriedades desintoxicantes que agem através da eliminação de resíduos e micro-organismos nocivos, por meio do sistema urinário. Entre as principais causas estão: problemas circulatórios, alterações hormonais, consumo elevado de sal e patologias relacionadas aos rins.

Elas possuem em sua composição, substâncias que estimulam o funcionamento adequado dos rins, órgão responsável pela filtragem da linfa, por sua vez, encarregada de transportar as toxinas para fora do corpo. Este transporte é feito através da urina. Por motivos variados, as funções renais podem ser prejudicadas, fazendo com que o corpo retenha líquido causando inchaços e vários sintomas de intoxicação.

As mulheres são as mais atingidas pelo problema, principalmente no período pré-menstrual, onde as alterações no metabolismo inibem as funções hepáticas, ocasionando a retenção de líquido. Este processo desencadeia sintomas como dores de cabeça, náuseas, dores e inchaços nos penas, mãos, tornozelos e na região abdominal, proporcionando ganho de peso repentino.

Alimentos diuréticos

Não são poucos os alimentos com propriedades diuréticas, mas chás e sucos são os mais procurados principalmente por quem apresenta problemas de peso. Isto por questões de praticidade, uma vez que é muito mais fácil incorporar alguns alimentos líquidos na dieta diária do que incluir sistematicamente os demais alimentos, bem distribuídos em todas as refeições.

Entre as frutas que auxiliam no processo de eliminação hídrica e podem ser utilizadas na composição de sucos, podemos citar a melancia, o melão, a laranja e o morango.

Entre as hortaliças, temos: alho, cebola, alface, berinjela, pepino, cenouras, alcachofra, tomate e pepino.

Algumas ervas e especiarias, também possuem a mesma propriedade, podendo ser incluídas nas receitas par potencializar os resultados. Entre as mais nobres e de sabor agradável, podemos citar o gengibre, o hibisco, a cavalinha e alcachofra. O chá verde também é bastante utilizado.

Alimentos diuréticos

Os diuréticos são indicados especialmente para quem sofre de pressão alta, sobrepeso, TPM (Tensão Pré-Menstrual), e diabetes, mas a presença destes alimentos será sempre benéfica em qualquer mesa, auxiliando na prevenção de algumas doenças.

A composição dos chás deve sempre atender às necessidades específicas. Uma receita para aliviar os sintomas da Tensão Pré-Menstrual, por exemplo, deve reunir produtos com propriedades diuréticas, calmantes e analgésicas, a fim de que os resultados sejam satisfatórios e que todos os sintomas possam ser trabalhados em uma só receita.

Chás para emagrecimento, por sua vez, devem compor substâncias diuréticas e ansiolíticas, entre outras.

Destacamos a seguir duas receitas elaboradas com base nos princípios acima citados:

Chá diurético para aliviar sintomas da TPM

  • 1 colher de sopa de hibisco
  • 2 rodelas de gengibre
  • 1 colher de sopa de folhas de hortelã picadas
  • 1 colher de sopa de erva cidreira (capim-limão)
  • 1 litro de água mineral ou filtrada

Preparo: Ferva a água com as rodelas de gengibre por 2 minutos. Desligue e acrescente o hibisco e as folhas de hortelã. Tampe o recipiente e deixe descansar por aproximadamente 10 minutos. Este chá pode ser consumido quente ou gelado e tem um sabor bem agradável.Modo de usar:Duas a três xícaras por dia, iniciando dez dias antes da menstruação.

Chá diurético para auxiliar no emagrecimento

Chá de ervas diuréticas

Chá de ervas diuréticas para emagrecimento

  • 1 colher de sopa de cavalinha
  • 1 colher de sopa de folhas e hortelã picadas
  • 1 litro de água mineral ou filtrada

Preparo: Ferva a água. Desligue o fogo, adicione todos os ingredientes e abafe por aproximadamente 10 minutos. Consumir de duas a três xícaras por dia, 20 minutos antes das refeições.

As propriedades medicinais de algumas ervas e alimentos, são utilizadas desde o início da história da humanidade. No entanto, vale lembrar que, tratamentos caseiros servem para auxiliar e complementar os tratamentos convencionais, sempre com acompanhamento e orientação médica.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *