Remédios Caseiros para Eliminar Piolhos: Tratamento Natural para Pediculose

Algumas pragas atormentam a humanidade desde o início de nossa história. São parasitas que se instalam em nosso corpo e sempre causam danos.
Entre os mais comuns, está o piolho de cabeça, um inseto facilmente transmissível, que se alimenta de sangue humano, causando coceiras intensas e irritação do couro cabeludo, além de transmitir várias doenças.

Nas crianças, onde a incidência é maior, causa nervosismo, irritação e dificuldade de atenção, influenciando negativamente no rendimento escolar.

Em alguns casos, causam infecções graves e anemia. Isto por que, ao arranhar a cabeça para coçar, podem surgir pequenas feridas que servirão de porta de entrada para alguns tipos de bactérias. As infecções podem causar febre, dor de cabeça e em várias partes do corpo, de acordo com sua intensidade e se não tratada pode ser fatal.

Como se pega Piolho

Ao contrário do que muitos imaginam, piolhos não voam e não pulam de uma cabeça para outra. A forma de contágio, portanto, se dá por contato físico ou em locais ou objetos onde os piolhos foram involuntariamente depositados. Ou seja, é preciso que uma pessoa encoste no cabelo da outra ou coloque a cabeça em fronhas, lençóis, sofás, ou outro local qualquer em que alguém contaminado tenha estado e ali, deixado algum parasita.

Por ser considerada uma doença de pele causada por parasitas, a infestação por piolhos de cabeça é chamada de pediculose. Existem vários remédios disponíveis no mercado, mas a incidência de reações alérgicas devido ao uso destes produtos é consideravelmente alta, fazendo com que muitos médicos prefiram indicar, a princípio, alguns tratamentos naturais e caseiros. Atualmente o mais recomendado é o uso da salmoura.

Crianças no mar

Crianças no mar – menor incidência de piolhos Fonte:pixabay.com

Estudos realizados em crianças de várias regiões do País, concluíram que moradores de regiões praieiras apresentam uma incidência significantemente menor de pediculose do que as demais.

O fato foi atribuido à quantidade de sal existente no mar, onde costumeiramente as crianças de banham e até mesmo no ar. Experiências mostraram que, de fato, a salmora elimina os parasitas, embora isso não aconteça de imediato. É necessário que o processo de repita por vários dias seguidos para que a eliminação aconteça por completo.

Como matar os piolhos

A receita é bem simples:

Coloque 1 colher de sopa, bem cheia, de sal refinado em um 1 copo (200 ml) de água. É importante que o sal de dissolva completamente na água. Para tanto, amorne um pouco a água e bata no liquidificador.

Deixe esfriar e passe em todos os fios com a ajuda de um algodão. Passe o chumaço embebido na salmora em pequenas mechas de cabelo, até que esteja totalmente molhado. Prenda, se o cabelo for comprido e deixa agir por aproximadamente 2 horas, ou até secar. Enxague a seguir e faça uso do pente fino.

Observações

Pediculose

Os pentes finos de metal são mais eficazes no tratamento da pediculose

Após o enxague, espalhe sobre os cabelos uma quantidade generosa de creme para pentear ou condicionador, pois o sal resseca os fios, deixando bem embaraçados e opacos.

Quanto ao pente fino, existem hoje em dia no mercado, alguns modelos de metal, geralmente aço e inox, muito eficazes na retirada de piolhos. O valor é alto, se comparado com os pentes convencionais, confeccionados em material plástico mas, certamente, apresenta o melhor custo-benefício. Isto por que, além de não deformar, o pente também é apropriado para a eliminação de lêndeas. Passe nos cabelo molhados ou úmidos para eliminação dos piolhos e com os cabelos secos para a eliminação das lêndeas.

Como retirar os Piolhos com Vinagre

Outra receita caseira e de fácil preparo e aplicação, para tratar a pediculose, é o tratamento com vinagre, ainda muito utilizado. O falto, porém, é que o vinagre é muito mais eficaz como tratamento auxiliar, uma vez que mata as lêndeas, mas nem sempre os piolhos. Desta forma, a aplicação somente será útil com a utilização do pente fino de ferro, com anteriormente citado.

As substâncias ácidas e o cheiro forte do vinagre, inibem temporariamente a movimentação dos piolhos. É como se estes ficassem tontos e com dificuldade de se prenderem ao couro cabeludo. Isto facilita muito a extração, que deve ocorrer de 20 a 30 minutos após a aplicação do produto. Com a retirada dos piolhos e o ressecamento das lêndeas, torna-se possível a eliminação da praga.

Anote a receita

  • 1/2 copo (100 ml) de vinagre
  • 1/2 copo (100 ml) de água

Contrainidicações

No caso do tratamento com salmoura, vale lembrar que a presença de piolhos, minúsculas feridas no couro cabeludo e a utilização do sal pode causar ardência e queimações nos locais machucados.

Para o uso do vinagre, os cuidados devem ser ainda maiores, por tratar-se de um produto ácido e de cheiro tóxico, podendo causar alergias, irritações, náuseas e outros sintomas de intoxicação, principalmente em crianças e gestantes.

Cuidados

Embora algumas receitas sejam muito divulgadas, não é aconselhável o uso de azeite, óleo de cozinha, vinagre puro e tampouco a mistura de vários produtos na mesma aplicação ou em um curto período de tempo. A associação de ingredientes podem causar alterações em suas composições químicas, gerando resultados perigosos e indesejáveis.

Manter os cabelos curtos ou presos ajudar a prevenir a pediculose, mas infelizmente, está longe de evitá-la. Manter uma rotina de verificar a cabeça, principalmente das crianças frequentemente, ajuda a perceber a doença ainda no princípio, facilitando a eliminação dos insetos.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *