Como tratar hemorroidas de forma natural e sem remédios

A hemorroida é uma dilatação das veias no tecido mucoso da parte interna do cólon e do ânus. Pode ocorrer internamente e externamente. A causa é devido a pressão das fezes, geralmente acompanhada da prisão de ventre que endurece o bolo fecal. É uma doença que atinge muitas pessoas de todas as idades, e costuma ser um aviso de que seu corpo não esta trabalhando muito bem.

Você pode até realizar tratamentos para diminuir as hemorroidas, mas o primeiro passo é tratar prisão de ventre, para agir diretamente na causa e não apenas no sintoma.

Seguem receitas naturais para evitar esse desconforto e diminuir as chances de necessitar de uma cirurgia:

Babosa, a sua melhor amiga

A famosa Aloe Vera é um poderoso remédio natural. Neste caso, ela tem propriedades umidificantes e hidratantes, e também age como emoliente, desinflamando os tecidos e aliviando as dores. Ela é anestésica e cicatrizante, reparando os tecidos.

Você pode usar a babosa em dois formatos, externo ou interno. O uso interno normalmente é recomendado para a prisão de ventre e tem um gosto muito amargo, mas o seu uso é extremamente eficaz. Já o uso externo pode ser em forma de gel e aplicado diretamente na região, ele ajuda a diminuir o inchaço, aliviar dores e cicatrizar possíveis feridas.

Como preparar: Para uso interno basta cortar as laterais, que contém espinhos, e colocar a folha dentro de um copo com água. Pode beber diretamente, e ir tomando goles de 1 em 1 hora. Recomenda-se ter um pouco de mel para tirar o gosto forte da boca. Logo você vai sentir o seu intestino trabalhando. Como ele tem propriedades umidificantes o bolo fecal não sairá empedrado.

Para uso externo, tira-se a casca, raspe a baba de dentro da folha e aplique diretamente.

Vitamina de mamão

O mamão normalmente é utilizado para intestinos preguiçosos, ele possui uma proteína chamada papaína, que possui propriedades corrosivas, sem acidificar o estômago. A substância funciona muito bem com fibras, que aceleram o processo de eliminação de resíduos tóxicos, mantém o pH ideal no intestino e auxilia a movimentação peristáltica do intestino.

Sugere-se que essa vitamina apresenta melhora em no máximo 48 horas.

Colabore com uma alimentação rica em amendoim, uva-passa, castanha, noz, sementes de abóbora e sementes de girassol, feijão, aveia, amêndoa, abacate, alcachofra, quinoa, brócolis e ameixa preta.

Como preparar: Utilize meio mamão pequeno, meia maçã, 1 xícara de aveia, 2 colheres de sementes de linhaça, um punhado de ameixa preta e 2 colheres de mel. Você ainda pode acrescentar frutos secos e oleaginosos se preferir.

Deixe as sementes de linhaça durante 2 minutos em água, até que forme uma goma. Após coloque tudo no liquidificador e bata. Se preferir coe, beba durante o dia.

hemorroida

Banho de assento

Os banhos de assento ajudam muito a reduzir sintomas das hemorroidas. Podem ser usadas as seguintes plantas:

Tansagem que é analgésica, anti-hemorrágica, desinflama tecido, alivia dores e é tônica do organismo. A erva de bicho é hemostático, sedativo, tônico e vasoconstritor. A trapoeraba, matinho com flor azulada, é emoliente, amolecendo tecido inflamado e aliviando dores.

Como preparar: Prepare o chá da erva que preferir, podem ser utilizadas todas juntas. Utilize 20 gramas de erva para 1 xícara de água. Deixe em infusão durante 10 minutos com o recipiente destapado. Acrescente em água morna e permaneça de 20 a 30 minutos.

Pomadas para hemorroidas naturais

Outra opção são as pomadas para aplicação direta. O óleo de coco é um ótimo hidratante e anti-inflamatório, o azeite de oliva também pode cumprir com esse papel.

A babosa como já falamos acima, pode ser agregada a pomada por seus inúmeros benefícios, a planta mil-folhas é analgésica e restabelece o sistema circulatório, é cicatrizante, sendo muito recomendada para o uso externo em hemorroidas.

A cera de abelha é hidratante, ajuda a dar liga na pomada e também ajuda a prevenir inflamações.

Como preparar: Faça uma xícara de chá de mil folhas em infusão. Acrescente o gel de babosa e misture bem. A cera de abelha e a água não se misturam muito bem, assim utilize uma colher de cera de abelha derretida, misture no chá ainda quente e acrescente os óleos. Se necessitar, faça em banho maria. Misture bem até virar uma pasta.

Verifique as contra indicações das plantas utilizadas. Mantenha uma alimentação saudável e preste atenção aos pedidos do seu corpo.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *